02 Oct

Porque é que tantas mulheres “saudáveis” não conseguem perder peso?

Faz tudo para perder peso mas não consegue? Este post examina a raiz do que podem ser as razões. 

 
1. Desequilibro de estrogénio/progesterona.

Muitas mulheres - especialmente aquelas em idade fértil - têm um problema de dominância de estrogênio. Se treina diariamente, é provável que você esteja a "usar" o seu estrogênio o que leva a um domínio da  progesterona.

Dieta suplementos podem repor o equilíbrio. Consulte um médico.
 
2. Insuficiencia de vitamina D.

Devido ao uso de protector solar, os nossos níveis de vitamina D são menores do que eram há décadas. A sua deficiência tem sido associada a alergias, asma, ganho de peso, fadiga, alergias alimentares e até mesmo cancro. Os níveis de vitamina D podem ser testados e a suplementação de vitamina D pode ser encontrada em várias formas. Consulte um médico.

3. Altos níveis de cortisol.

Altos níveis de cortisol (a "hormona do stress") é outro possível motivo para não conseguir  perder peso e/ou volume. Relaxe! O cortisol está associado ao aumento do apetite, "desejo" de açúcar, e ganho de peso.

Procure introduzir na sua rotina de actividade fisica a prática de uma actividade como Yoga ou Tai Chi.

 
4. Presença de excesso de "processados"na sua alimentação.

O excesso de sódio e açúcar é causa de inflamação. Só porque o rótulo diz: "alimento saudável", ​​"sem glúten" ou "baixo teor de gordura" ou "natural", não significa que  é bom. Atenção aos rótulos.

 
5. Pouca qualidade do sono.

Sono reparador. O seu sistema hormonal precisa, os seus músculos precisam e o seu cérebro precisa. As duas hormonas que são fundamentais na relação entre o sono e a perda de peso são grelina e leptina. Simplificando, a leptina diz-nos quando parar de comer. A grelina avisa quando deve comer. A privação de sono ou sono deficiente faz subir os níveis de grelina e descer os de leptina.

Suplementos de melatonina e magnésio podem judar a regular e melhorar o seu sono. Consulte um médico. 
 
6. Deficiencia de legumes crucíferos na alimentação.

Os vegetais crucíferos da família Brassicaceae Vegetal incluem repolho, couve, couve-flor, couve chinesa, brócolos e outros vegetais verdes semelhantes. Não só são excelentes por dar uma maior sensação de saciedade devido às fibras, mas também porque ajudam na metabolisação do estrogênio através de um composto chamado indole-3-carbinol (I3C). São também uma fonte natural de DIM (3,3-Diindolylmethane) que ajuda a promover o equilíbrio do estrogénio.

Contacto para Acordo
Se está interessado em mais informaçães sobre os nossos Acordos, preencha aqui os seus dados.






Experimente Já!
Para agendar uma visita, coloque aqui os seus dados.








Marcar Aula
Marque a sua aula online. Simples e rápido.






Horário de Atividades
Filtrar por actividades: Imprimir horário
seg. ter. qua. qui. sex. sab.
08h30PPYPPY
09h30PPP
10h30PPPBPPP
11h30PPFPFY
12h00P
12h30PB
13h00PP
17h30PP
18h00TPT
18h30PP
19h00PPFP
19h30FPPP
20h00YYPB
20h30P
PPilates
YYoga
TTaiChi
PPPower Pilates
FPFusion Pilates
PBPilates Barre
PWPower Walk
PFPower Flex